Slide

Vai passar

quinta-feira, agosto 02, 2018

Foto: @brandonwoelfel
Se eu soubesse que seria tão difícil me desvencilhar, teria procurado outro local para fazer morada. Se eu soubesse que quando diziam que o tempo cura tudo, eles estavam escondendo que na verdade as memórias só fazem doer, eu teria ido embora enquanto era tempo. Eu teria feito tanta coisa diferente. Mas eu não fiz.

Talvez esse seja justamente o problema. Eu nunca soube se ia, ou se ficava. Sempre fui assim, fiquei a mercê dos meus sentimentos e deixei que eles tomassem conta de cada pedacinho de mim. Sempre senti demais. Ouvi a vida inteira que me apaixono rápido, e é verdade. Se isso é bom, não sei. Só sei que hoje cada centímetro do meu corpo deseja que você saia de dentro do meu peito.

Prometi pra mim mesma que não deixaria você ir embora. Mas eu deixei. Como pude fazer isso? Eu sabia que não cabia a mim, mas no fundo, guardava uma esperança de que você mudar. A gente sempre pensa isso... como se de repente o cara que nunca ligou, vai ligar. Como se um cara que nunca colocou os sentimentos do outro acima dos seus, colocaria. De repente, assim, como num piscar de olhos. O amor realmente nos deixa cegos, e não havia nada que pudesse me fazer voltar a enxergar.

Eu sempre lia no teu olhar como se tivesse algo por trás. Não sabia se era medo, dúvida, ou falta de confiança. Talvez era um pouco de tudo. Eu sempre tive o peito aberto. Livre para quem quisesse entrar, sabe? Mas confesso, nunca soube lidar direito com quem queria ir embora. Talvez, lá no fundo, eu ainda achasse que precisava de você pra ser feliz. 

Foi difícil. Continua sendo, não vou mentir. Eu vejo teu rosto em cada canto. Ouço tua voz em cada canto da cidade. Sinto teu toque em cada abraço, leio tuas palavras em cada mensagem. Carrego um tanto de ti dentro de mim. Me olho no espelho e ainda te vejo do meu lado. É difícil levantar e saber que você não vai estar na cozinha me esperando pra mais um café.

Eu nunca nem gostei de café. Só tomava por você. 

Eu também nunca gostei de gostar de alguém. Mas eu gostava de ti. Gosto. Será que vai passar? É o que dizem: o tempo cura tudo. E vai curar.

Leia também

3 comentários

  1. Que texto!!

    a esperança é sempre essa, que o tempo cure, que amenize, que n doa mais!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito dos seus textinhos, foi por aqui que vi você crescer e aparecer. Fico feliz pela mudança pessoal no qual adquiriu.

    beijinhos
    Blog Levando a Sério | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre soube que ia passar. E isso me deixava um gosto amargo. Era tanto amor desperdiçado, que me deixava desanimada para amar de novo. Mas depois, quando passa, é um alívio. E passa. A gente encontra outro caminho, um bem melhor e que faz mais sentido pra gente. A gente aprende coisas novas e vê que aquele caminho nunca poderia ser o nosso.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Postagens Populares

Inscreva-se