Slide

Por que virei vegetariana e os primeiros 2 meses

segunda-feira, março 20, 2017

 por-que-virei-vegetariana

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

Hoje eu trouxe um assunto um pouquinho diferente aqui para o blog, mas que promete se tornar mais frequente. Uma das minhas metas para 2017 era me tornar vegetariana, e no dia 16 de janeiro de 2017, eu parei de comer carne. Hoje eu vim aqui contar pra vocês como têm sido a minha experiência e também o porquê de eu ter aderido ao vegetarianismo.

Eu nunca fui a pessoa que mais ama carne no mundo, mas confesso que era louca por um hambúrguer, pizza ou churrasco. Eu sempre fui extremamente apegada aos animais, e ao mesmo tempo, sempre fechei os olhos para a indústria da carne. Eles morrerão de qualquer jeito - eu pensava. Com os anos e lendo mais sobre o assunto, começou a nascer dentro de mim uma vontade muito grande de parar de comer carne. 

Atualmente estou lendo o livro A Revolução dos Bichos, e ele retrata, logo no começo do livro (apesar de não ser este o foco), exatamente o que justifica o principal motivo pelo qual eu não quero mais comer carne. Em certo trecho, um animal diz para os outros animais da história: "Enfrentemos a nossa realidade: nossa vida é miserável, trabalhosa e curta. Nascemos, recebemos o mínimo alimento necessário para continuar respirando, e os que podem trabalhar são exigidos até a última parcela de suas forças; no instante em que nossa utilidade acaba, trucidam-nos com hedionda crueldade (...). A vida do animal é feita de miséria e escravidão: essa é a verdade nua e crua."

Em certo ponto, me peguei pensando: o quão contraditório é eu amar os animais, me apegar tanto a bichinhos de estimação e comer a carne de outros, que sofrem suas vidas inteiras apenas para nos servir - sendo que nós não precisamos realmente de carne - ? Por que eu devo continuar fazendo parte dessa indústria horrível, cruel e extremamente capitalista? Pois bem, eu não preciso fazer parte disso.

Confesso que nunca tive coragem de assistir os documentários que mostram a real crueldade que sofrem os animais nos abatedouros, é demais pra mim. Me faz perder a fé na humanidade, me faz sentir impotente diante de tal crueldade. Então, eu comecei a fazer a minha parte e larguei a carne de vez.

Eu parei de comer carne de um dia para o outro, e me senti mais motivada a parar por causa do meu namorado, que parou de consumir carne em dezembro do ano passado. No começo, achei que seria bem difícil, e o que mais me fez falta foram pratos como lasanha, escondidinho e pizza. Com o tempo, fui percebendo que é TUDO uma questão de adaptação, e nada é tão difícil como parece. A lasanha pode ser de legumes, o escondidinho pode ser de carne de soja e temos diversas opções de pizza sem carne, não é mesmo?

A carne de soja entrou com tudo no meu cardápio. Na primeira vez que provei, achei estranho, mas hoje eu adoro! Agora, mais de 1 mês e meio após a minha decisão, tem sido cada vez mais fácil deixar a carne de lado. 

Durante esses dias, apenas uma vez eu tive uma vontade maior de comer carne, mas me controlei. Não vou ser hipócrita e dizer que não gosto, pois sim, gosto de carne. Mas vai muito além do gostar e do querer. Vai da consciência. E com o passar dos dias, tu vai percebendo que a vontade desaparece. Quando você mergulha de cabeça nisso e passa a se colocar no lugar dos animais, você simplesmente não tem mais vontade de comê-los.

Uma coisa que comecei a reparar, é a forma como os outros veem o vegetarianismo. "Mas como assim tu não come carne?" "O que tu vai comer então?" "Tu vai morrer de fome!" e coisas do tipo são super comuns. Como se carne fosse o único alimento disponível, a única fonte de proteínas e etc. Tento lidar com isso com paciência, afinal, não são muitos os que entendem esta escolha. Mas guardo dentro de mim um desejo gigante de que um dia isto se torne universal.

Ainda estou me adaptando, quero descobrir mais receitas vegetarianas e quem sabe um dia, me encaminhar para o veganismo. Ainda não fui na nutri e preciso ir, para ver como vou adaptar o meu cardápio. A experiência tem sido ótima e bem mais simples do que pensei que seria =)

Espero que tenham gostado do relato e do post, hehe :)

Beijos, Mari.

Leia também

12 comentários

  1. Eu acho engraçado que as pessoas adoram rotular, reclamar, criticar e ficar em cima quando não fazemos, mas quando damos o primeiro passo, a reação é totalmente contrária. Não há apoio ou palavras de incentivo, e isso é um saco. Dá vontade de largar do mundo rs. Eu fico mega feliz que estejas te conhecendo melhor e aprendendo a viver de forma mais leve, com aquela coisa de "não sou todo mundo" ♥ Admito que teria muito problemas para aderir, por isso ainda me mantenho com algumas coisas, mas já faz um bom tempo que a carne em si não me faz falta. Como mais por obrigação do que por gostar rs. De qualquer forma, acho super válido trazer essa tua experiência pra cá. É inspiradora. Uma mega boa sorte nessa nova fase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, siim! Exatamente... até agora quase todas as pessoas que souberam que me tornei vegetariana apenas questionaram, nenhuma achou algo positivo, sabe? Apenas umas duas. E muito obrigada, estou bem feliz com isso ❤❤

      Excluir
  2. Nossa eu acharia muito difícil pelo fato de amar carne e odiar salada. Para minha saúde seria ótimo, mas acho que não consigo.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe eu sempre curti salada e nunca fui tanto da carne, então pra mim não foi tão difícil assim, imagino que para outros é bem mais.

      Beijos :)

      Excluir
  3. Eu amo carne, de verdade, porém ja faz um tempo que venho pensando cada vez mais em me tornar vegetariana. Estou começando com os embutidos, cortando a maioria só um que ainda como que é salsicha,mas no cachorro quente que é bem raro de acontecer. Eu acho que nao me tornei vegetariana ainda porque ainda sou muito relaxada com a minha alimentação. Tenho que melhorar isso, então por enquanto vou cortando as coisas aos poucos. Parabéns, vai contando seus relatos por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah,entendo! Mas já é uma conquista ir cortando aos pouquinhos, hora ou outra quando tu vê já cortou tudo ❤ Muito obrigada, pode deixar qe conto sim! Beijoos

      Excluir
  4. Oi Mari! Admiro muito tua decisão e sinto uma pontinha de inveja da coragem. Queria muito parar de comer carne, mas como vivo uma rotina muito corrida, saio de casa cedo e volto muito tarde e levo almoço de casa, se não comer carne sinto como se não tivesse suficiente (até porque não é todo dia que tem muitos legumes no cardápio da minha casa, rs. Mas cada dia que passa eu penso mais nisso... Acho até que eu conseguiria sim ficar sem comer carne, o que seria difícil seria largar o leite e queijo, que são coisas que eu consumo muito!
    Acredito que tudo seja questão de costume, mesmo. Fico feliz pela sua escolha, te desejo sucesso e força, e torço pra que eu consiga aderir também algum dia!

    Beijo, www.vestidinhojeans.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rê, muito obrigada pelo apoio!! Realmente sei que às vezes a rotina atrapalha, o tempo para preparar as coisas e tal... e sobre leite e queijo é realmente difícil pois muitos alimentos têm algum desses dois, daí realmente tem que cuidar bastante. Quem sabe chegamos lá hehe :) Obrigada e boa sorte pra ti!

      Beijoos

      Excluir
  5. Poxa que legal! Não vou negar adoro carne , mas li em algum lugar que se pelo menos uma vez na semana voce ter refeições que não incluam carne já causa um grande impacto positivo para os animais e por isso quero fazer a minha parte. Não consigo ser vegetariana , mas vou tentar contribuir com oque eu puder :) <3 parabéns pelo post e boa sorte com sua (linda) escolha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é verdade! Muito obrigadaa, mesmo =) E fazer o mínimo que tu conseguir já ajuda muito, com certeza também é uma linda atitude a ser tomada. Beijoss

      Excluir
  6. Mari, sua fofa! Como eu amo ver as pessoas se tornando vegetarianas e/ou veganas <3
    Fiquei muito feliz e orgulhosa de ti, de verdade. Sou vegetariana também, na verdade, ovolactovegetariana, já faz um bom tempo e acredito que o pior não é parar de comer carne e sim, ter que aguentar alguns comentários desnecessários. Tem gente que acha que carna é tipo água, né? Hahahah nunca vi.
    E soja é vida sim! A minha mãe já fez várias receitinhas, tipo escondidinho de soja, almôndega de soja com requeijão dentro (EU AMO!). Se quiser alguma receita ou algo do tipo, é só gritar lá no face, hahahah.

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn, eu também! Ainda mais depois que tu se torna também, tu quer que todo mundo seja vegetariano hahaha.
      É verdade, nossa, ultimamente recebo muitos comentários desnecessários. Mas né, faz parte, temos que lidar. E quem não entende, também não tem nada a ver com as nossas escolhas, não é?
      Ahh, obrigada pelas dicas! Escondidinho de soja é muuito bom <3 Pode deixar que te chamo sim, hehe.
      Beijoss

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se