Slide

Eu prometi

quarta-feira, março 08, 2017

eu-prometi

 Foto: @luizclas

As gotas de chuva escorriam pela vidraça do carro, tornando a visão difícil e o trânsito congestionado. Dias de chuva sempre foram os meus preferidos, apesar do caos e das tempestades. É como li em algum lugar certo dia "Alguns apenas se molham. Outros, sentem a chuva". Eu me encaixava perfeitamente na segunda opção.

Estava na hora, já eram 18 em ponto. Estacionei em uma vaga um pouco afastada, porém o centro estava cheio e eu não tinha tanto tempo assim. Ela nunca demorava mais do que 20 minutos, e eu já perderia uns 2. Abri meu guarda-chuva e torci para que ainda tivesse algum lugar vago. Empurrei a porta e os sinos pendurados avisaram que eu havia chegado. Era o café mais pequenino da cidade, mas também o mais aconchegante. E como esperado, lá estava ela, sentada em uma mesa dupla no fundo com uma xícara de chocolate quente. Ela não era fã de café, ao contrário de mim. Ela também odiava a chuva e o frio, mas parecia não se importar naquele dia.

Observei enquanto ela dava longos goles no seu chocolate e folheava um livro cujo título eu não conseguia ler. Deveria ser algum romance, pensei comigo. Peguei o meu notebook e comecei a fazer os trabalhos que precisava, na companhia de um capuccino. E dela. Ela estava a algumas boas mesas de distância, mas só de estar no mesmo lugar que ela, eu já me sentia como se estivesse fazendo parte da sua nova vida.

Vi de relance seus cachos amendoados, e lembrei de quando ela os prendeu em um rabo de cavalo alto e reclamou que não sabia rabiscar nem uma forma abstrata, tampouco pintar os quadros que queríamos para a nossa nova sala. Disse para ela deixar de besteira e pintar o que viesse à sua mente no momento. De repente, entre um riso e outro, ela respingou um pouco da tinta do seu pincel na minha roupa, e me olhou com o sorriso travesso de uma criança quando sabe que fez algo errado. Ela era linda.

Tornei a olhá-la, e desta vez, ela pareceu me notar. Desviei o olhar e fingi estar bastante concentrado no que escrevia. Ela sabia que essa era a minha tática quando não queria ser notado, mas esperei que ela não ligasse. Foi quando vi que um homem se aproximava de sua mesa, com um par de rosas cor-de-chá às mãos e um sorriso um tanto contido. Ao vê-lo, ela o abraçou com saudade emanando dos olhos, quase que um desespero. Percebi que era o mesmo olhar que eu carregava todos os dias ao vê-la ali.

Recordei de quando, aos prantos, ela disse que jamais queria se despedir de mim. Que a dor no peito que ela carregaria talvez nunca passasse, nem com o barulho das ondas do mar ou novos amores. Eu prometi pra ela que tudo ficaria bem, que tudo passa. Que sempre podemos encontrar alguém melhor, em algum lugar. Prometi que nunca deixaria de amá-la. Ela prometeu que nunca esqueceria de quem nós fomos e guardaria quem seríamos para sempre.

Enquanto a via dar risadas e mostrar alguma coisa no celular para o homem desconhecido, desejei fazer parte da sua nova história. Quis, apesar de ter já um dia sido o homem da sua vida, ser o homem com quem ela compartilharia a vida. Derramei lágrimas em silêncio, mas também sorri por dentro por saber que ela tinha alguém. Naquele momento, enquanto sorria, ela ergueu o olhar e olhou no fundo dos meus olhos. De repente, ficou séria. Eu rapidamente peguei as minhas coisas e saí, não sem antes olhar para trás. Ela olhou novamente para mim e sorriu, com a boca, com os olhos. E naquele olhar, eu percebi que ela ainda cumpria com a sua promessa. E eu também cumpria com a minha.

Leia também

10 comentários

  1. oi, oi.

    imaginei toda a história aqui... acho que situações como essa já aconteceram comigo, de eu ficar olhando pra alguém, admirando a pessoa e do nada ela olhar. infelizmente não teve sorrisinhos fofos como a menine do teu texto. :(

    lendo o teu escrito, deu até vontade de me apaixonar de novo, mas... quando a gente pensa no sofrimento que é, melhor continuar com as portinhas fechadas mesmo. :D

    como sempre, textos lindos, fortes e cheios de sentimentalismo. <3 bjs!

    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha pois é, comigo também já aconteceu. Os sorrisinhos são difíceis, rs. E olha, paixão não é só sofrimento não, tem seus lados bons (quando dá certo, hehe).

      Awn, muito obrigada pelo carinhooo ♥ Sabe que amo teus comentários =)

      Beijos!

      Excluir
  2. Só posso dizer que to segurando as lágrimas, pois esse texto significa muito para mim. Ele é um lembrete do que já vivi com alguém e das promessas ainda cumpridas que fizemos, pelo menos da minha parte. Nesse momento, fechei meus olhos, respirei fundo e sorri. Nem sei porque sorri, mas o fiz.

    Beijos,
    Última postagemBlog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai sério Gaby? Te deixei sentimental rs ♥ Mas que bom que se identificou, espero que se sinta feliz ao relembrar <3 Beijos.

      Excluir
  3. Nossa, isso nunca aconteceu comigo, mas senti como que sim. Meu Deus, que texto maravilhoso. Me vi nele sem nem ter passado por essa situação.
    Beijos,

    www.marinaalessandra.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuito obrigada Mari ♥ Que bom que se sentiu assim, sinal que cumpri minha missão hehe <3

      Beijos.

      Excluir
  4. Nossa Mari, que texto! Sabes que te acompanho há tempos aqui, mas acho que esse foi o texto mais cheio de detalhes e onde você quase traduziu como roteiro. Não sei se deu pra entender, mas eu senti o clima do centro, eu me vi estacionando o carro e eu imaginei os cachos dela, entende? MUITO BOM. Você escolhe cada palavra com muita precisão. Adoro ler teus textos. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aawwn nem sabe como é bom ler isso, pois foi exatamente o que eu quis passar. Uma imersão dentro da história! Fico muito feliz, obrigada mesmo! Beijoss

      Excluir
  5. Nossa, que texto! Foi passando um filme pela minha cabeça, fui imaginando toda a situação, chega deu aquela vontade de encontrar alguem, haha
    Amo teus textos, sempre que posso dou uma passada por aqui. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn, que linda! Muito obrigada, fico super feliz que o texto a fez se sentir assim ❤ Beijooss

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se