Slide

Como viver de forma mais saudável no corre-corre

segunda-feira, março 06, 2017


(pixabay.com)

Olá pessoal! Tudo certo?

Gente, falar em ser saudável quando se tem todo o tempo do mundo é fácil, não é mesmo? Mas a realidade é que a gente está cada dia mais ocupada, então, alimentar-se de maneira mais saudável fica dez vezes mais difícil quando você tem que conciliar todas as suas tarefas. É trabalho, família, marido, namorado, festas, ocasiões sociais, academia, faculdade e por aí vai. Todas nós sabemos que temos que nos multiplicar em pelo menos quinze para poder dar conta de tudo. Já comentei com vocês que um dos meus objetivos do ano é ter uma alimentação saudável. Então, eu decidi listar umas dicas básicas para você não sair dos trilhos da sua dieta ou reeducação alimentar por estar sempre ocupada:

1- Café da manhã

Ter um café da manhã é importantíssimo. Eu diria que esta refeição é essencial para iniciar o dia. Ele repõe as energias depois de um longo período de jejum, e, se parar para prestar atenção, quando a gente não come depois de acordar, acabamos ingerindo mais calorias no meio da tarde e da noite. Além disso, quanto mais tempo você manter seu jejum, mais seu corpo consome energia dos seus músculos, e isso não é uma coisa legal, certo?

Então, minha dica é: por mais que você goste daqueles vinte minutinhos extras na cama, levante e vá preparar um café da manhã gostoso. Seu dia vai começar melhor, você vai ter uma dieta mais saudável e seu corpo vai agradecer! Eu nunca deixo de ter um café da manhã bem caprichado, para iniciar o dia bem :)

2- Marmitinhas

Eu sei que é super tentador poupar-se da mão de obra e comer no restaurante ou lanchonete na hora do almoço. O grande problema é que acabamos escolhendo opções não tão saudáveis quando estamos fora de casa, e especialmente se estivermos acompanhadas de colegas de trabalho. Então, diante disso, procure fazer sua própria marmitinha, com alimentos saudáveis preparados no seu lar. Eu mesma levo todos os dias comida de casa para o trabalho. Aliás, você pode fazer certos pratos em quantidade e congelar, o que poupa um tempão. Além do mais, convenhamos: fazer sua comidinha em casa economiza um bocado. Dá uma olhada nessas receitas.

Não gosta de cozinhar? Só tem como preparar suas marmitinhas de vez em quando? Uma ótima opção é pedir um delivery super saudável do PedidosJá. Eles têm desde saladinhas, franguinhos light, salgados integrais e tudo mais que você pode imaginar. Uma outra sugestão é comprar frango assado e salada no supermercado ou então sushi, afinal, eles são mais saudáveis.

3- Água

Mantenha-se sempre hidratada! Sabia que muitas vezes a sensação de fome que sentimos é na verdade sede? A água também evita a retenção de líquido, e limpa o organismo em geral. Enfim, são tantos os benefícios que eu teria que fazer um post gigante só para falar sobre ela. Resumindo: tenha sempre um copo ou uma garrafa perto de você, o que te faz criar o costume de beber água constantemente. Além disso, evite refrigerantes, inclusive os diet, pois podem parecer uma boa opção para as pessoas que não curtem água, mas a verdade é que eles incham e engordam em longo prazo. Eu já parei com o refri há mais de 1 ano e meio, e não foi tão difícil assim. Portanto, beba água!

4- Controle o tempo da comida

Sei que é difícil controlar o tempo das refeições e dos lanches quando se está no trabalho ou fora de casa. Por isso, tenha sempre um lanchinho por perto, e faça uma pequena refeição de três em três horas. O nosso corpo, depois de certo tempo (de três a quatro horas) entra em estado de jejum, e ativa o hormônio da fome, grelina, que faz a gente ficar tentada a comer tudo. Então, faça do seu relógio seu melhor aliado e controle melhor a sua alimentação com ele. Procurem sempre comer algo saudável, viu? Eu tenho evitado as bolachas recheadas e doces em geral ultimamente.

Espero que tenham gostado das dicas! E deixem nos comentários qualquer outra dica que vocês aplicam na rotina também =)

Beijos, Mari.

Este post é um publipost, porém contém opiniões reais da autora sobre o tema!

Leia também

4 comentários

  1. Na correria é bem difícil mesmo se alimentar direito, eu que o diga. Quando as provas começam eu desando todinha na minha alimentação

    https://www.youtube.com/channel/UCoCVXvA2AohU0yAPYaHjl2A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, é difícil mesmo né? Mas se a gente se dedicar mais a cuidar, e se planejar, dá tudo certo ♥

      Excluir
  2. Oi Mari! Eu trabalho numa empresa que dá direito a convênio médico. Aí depois de mais de um ano trabalhado eu decidi usá-lo. Descobri um projeto intitulado Qualivida com reuniões mensais de psiconutricional e toda uma equipe médica especializada pra ajudar quem quer levar uma vida saudável. Desde o início do ano, passei a comer de três em três horas, troquei muita coisa pela versão integral e não como mais um pratão de comida à noite como fazia antes. Cortei doces e refrigerante e diminui muito o nível de consumo de sal — por exemplo nas saladas, que tenho comido sem nenhum tempero. Chato é só que to sem grana pra academia e os efeitos acabam não sendo tão potencializados, mas estou saindo trabalho e indo pra faculdade à pé, o que rende quase 1h30 de caminhada. Os resultados positivos já vieram: de 115kg (dia 20/12) fui pra 106,1 (pesado ontem, dia 08/03), a glicose caiu de 110 pra 92 (o que me fez sair do grupo de risco de diabetes) e o colesterol então... Nunca vi num nível tão bom! Agora é manter o foco, porque esse ano vai! haha

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Selma, que incrível! Parabéns pela tua iniciativa e determinação, tenho certeza que assim tu vais longe :) É muito bom quando começamos a nos policiar mais e vemos os resultados, né? Boa sorte pra você!

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se