Slide

Sinto saudade da tua saudade

quarta-feira, janeiro 25, 2017


As saudades são muitas, e eu definitivamente nunca pensei que conheceria todas elas. Saudade da reciprocidade, do aperto mútuo que a gente tinha. Saudade das músicas que eram nossas. Saudades de como tu te tornastes meu. Daquelas noites em que mensagens de textos doíam por terem se tornado nossa mais crescente forma de contato, e que já não bastavam pra tanta coisa que eu tinha aqui.

Tinha. Eu também sinto saudade de ter. De ter certeza, porque agora eu tenho tantas dúvidas. De ter paz de espírito - tua calmaria -, porque aqui dentro já não se faz mais calma. De te ter. E de ter a gente, só por saber que a gente se tinha. E a gente tinha tanto, e nem sabia. Aliás, a gente até sabia, porque eu sei de tantas coisas, e tu sabes também - só não sabíamos que era possível ser saudade.

Depois disso, eu vivi tantas coisas. Eu vi tantas coisas, e também aprendi outras. Eu percebi que a saudade surge das nossas melhores lembranças, e ela foi só uma consequência do nosso tempo bom. Eu tenho saudade das lembranças que eu guardei em mim. Saudade da tua lembrança, de ter novas lembranças - pois de nós só me restaram as antigas.

Já se passou tanto tempo, e a saudade não passou. Eu sinto falta de como eu piscava os olhos lentamente só para que tu passasses os dedos pelo meu rosto. Sinto falta do meu sorriso, e do motivo dele também. Sinto falta de sentir uma falta que eu sabia que no outro dia seria suprida sem delongas. Falta da tua ausência que logo seria preenchida. Falta do beijo que tu logo me darias novamente.

É aquela história de querer voltar atrás. De ter podido aproveitar como se fosse o último dia - se eu soubesse que era o último. Em mim restou aquele abraço que deu fim a tantas saudades preenchidas e início a tantos apelos não atendidos. Em mim restou um bom tanto de ti.

Eu sinto tanto. Sinto muito. Sinto amor, felicidade, paz e guerra. Sinto vazio. Te sinto. Mas o que eu sinto mesmo é saudade da tua saudade. Porque hoje eu sei, mais do que nunca, que minha ausência já se tornou indiferença, e essa é a pior parte.

Em mim restou saudade. Em ti, não restei eu.

Leia também

8 comentários

  1. Teus textos me definem demais, como se eu mesma tivesse escrito algum acontecimento da minha própria vida. Lendo esse texto, até eu senti saudades de um tempo bom, que ficou no passado, mas que guardo grandes lembranças.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, fico super feliz em saber que consigo fazer tu se sentir assim <3 Muuito obrigada, mesmo <3 Sempre amo ler teus comentários!

      Beijos.

      Excluir
  2. Acho que nunca me entreguei ao amor a ponto de sentir tanta saudade assim. Então a minha saudade pode ser de algo que ainda não tive, como essa saudade que se cessa num abraço ou num simples olhar apaixonado. Descobri com seu texto que saudade não tenho, mas desejo de poder sentir isso.

    Beijos do CONTO PAULISTANO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn, que coisa linda de se ler! Espero muito que possa sentir isso algum dia <3 Muito obrigada pelo comentário.

      Beijoss!

      Excluir
  3. Saudade dói e mostra que o passado valeu a pena, mas uma pena que tenha virado passado. Já senti muita saudade assim, e foi então que eu percebi que eu ainda conseguia sentir, sentir bem além da conta. E depois que passou ficou a saudade de conseguir sentir saudade... Parabéns pelo texto, amei!

    www.blogoxitocina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo, Vic. É exatamente assim... muito obrigada, fico super feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  4. Em leve momento lendo fosse como visse minha história passando na minha cabeça das lembranças, momentos que deixaram saudade.

    www.diksdareh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saber que consegui te fazer sentir assim é o que me deixa feliz! <3

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se