Slide

Eu Quero Conhecer Você

domingo, maio 08, 2016


Para ler ao som de: The Neighbourhood - Prey




Vamos fazer um trato? Eu deixo o meu coração aberto e você também. Só pra ter certeza que nós dois poderemos nos visitar, certo? Certo. Prometo me aproximar com jeitinho, deixar tudo acontecer naturalmente. Isso é tão mais bonito. Conhecer aos poucos as tuas estradas, teus caminhos. E saber direitinho como percorrer cada um deles.

Algo diferente aconteceu comigo desde que você chegou. É que eu ainda não consegui parar de ouvir The Neighbourhood enquanto lembro da gente no seu apê de paredes cinzas na semana passada. Sabe quando você conhece alguém tão incrível que cada descoberta sobre a pessoa te deixa mais feliz ainda por tê-la conhecido? É assim que eu me sinto. Mas eu quero te conhecer melhor. Mais e mais, porque eu não me canso de ouvir as tuas bobagens que me fazem rir e as tuas histórias que fazem eu me apaixonar.

Eu espero que você esteja disposto a conhecer bagunça que se faz aqui dentro. Não sou muito boa falando sobre mim mesma, mas sou do tipo que mergulha de cabeça no que faz e não gosta de pessoas rasas. Eu não sou uma delas. Sempre tive um certo receio de me permitir ir longe demais, mas agora eu não tenho mais. Não com você aqui.

Eu não sabia direito como falar tudo isso pra você. Pergunto o sabor de pizza preferido? Acho que não, ainda nem comemos pizza juntos e isso pareceria meio estranho. Tento descobrir de quais bandas tu gosta e te envio uma música de alguma delas? Demais. Será que dorme sempre com coberta? Qual a série preferida? Curte The Strokes? Ah... eu não ia te perguntar tudo isso. Escrever um texto era uma boa escapatória.

Eu quero conhecer você. Saber das tuas entrelinhas, do teu tipo de beijo preferido e das tuas manias. Saber que você sempre esquece de desligar a luz do quarto e que fica lindo depois de fazer amor. Eu quero te conhecer, moço, e quero que tu me conheça também...

Leia também

10 comentários

  1. "Eu espero que você esteja disposto a conhecer bagunça que se faz aqui dentro. Não sou muito boa falando sobre mim mesma, mas sou do tipo que mergulha de cabeça no que faz e não gosta de pessoas rasas." Concordo em grau e quantidade com essa frase. Detesto gente rasa. Gente que fica na beiradinha com medo do que está por vir. Essa coisa natural é linda ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, me abraça ♥ É exatamente isso, quero gente espontânea e que esteja disposto a mergulhar comigo. É linda, mesmo <3

      Excluir
  2. oi, oi.

    que texto maravilhoso... <3 por um momento lembrei de um ex que eu gostava tanto dele, mas o cara simplesmente era muito fechado, misterioso e se abria pouco. por ele agir meio estranho, o relacionamento acabou rápido. ou seja: desde então passei a acreditar que a gente tem de permitir que o outro nos conheça pra que o relacionamento dure muito tempo e dê certo. se a gente for um pouco tímido, é só se permitir e confiar na outra pessoa...

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada Adriel ♥

      É verdade, também já gostei muito de uma pessoa que não se abria comigo, parecia que tinha algo que o travava, sabe? E confesso que também já fui assim, de me fechar, ter um medinho de dar um passo a frente. Temos que nos permitir mesmo, senão as coisas acabam não acontecendo do jeito que queremos. Confiança é a base de tudo!

      Beijos.

      Excluir
  3. oinnnnn! <3 Mari, eu amei o começo do texto.. Tá, eu amei o texto inteiro, mas o começo me prendeu muito! Achei tao direto, simples e claro esse combinado de corações abertos. Acho que precisamos mais pro nosso dia a dia não? Parabéns pelo texto. Beeeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que lindaaa hahaha ♥ Também acho isso, me inspirei na música que coloquei como trilha sonora pro texto. Acho que temos que nos abrir mais para as pessoas e tentar sair um pouquinho da zona conforto, se envolver de verdade com uma pessoa até conhecer cada cantinho dela. Muito obrigada pelo carinho <3
      Beijos.

      Excluir
  4. Essa música, esse texto... Super amei! Que paz de espírito lendo seu texto, me vi no início do meu namoro... Meu noivo era muito fechado, cheguei a escrever tantos textos no blog para tentar desabafar sobre o que eu queria conhecer nele. E pensar que já se passaram 4 anos! As pessoas mudam muito em 4 anos, hoje o conheço melhor que ele mesmo kkk Você tem talento, gostei muito <3

    Nuvem de Novembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn, que amorzinho de comentário <3 Primeiro de tudo, muito obrigada pelo carinho, fico super feliz sabendo que gostou. E segundo, que lindinhos! Realmente os textos se tornam um refúgio até mesmo nesses momentos. Com o tempo, até os mais fechados acabam se abrindo - quando realmente querem -. É muito boa essa sensação de conhecer alguém por inteiro, né? ♥

      Excluir
  5. E tem tanta gente que mesmo depois de muito tempo a gente ainda não conhece né?
    Amei o texto todo, mas o trecho "(...) mas sou do tipo que mergulha de cabeça no que faz e não gosta de pessoas rasas. Eu não sou uma delas." me definiu <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, moça! Que amorzinho, fico muito feliz que tenha se identificado. Obrigada pelo carinho <3

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se