Slide

Hoje à noite

quarta-feira, abril 27, 2016


Para ler ao som de: The Neighbourhood - U&I

Vem cá. Hoje à noite eu quero te dizer tudo aquilo que eu não tive coragem de dizer nos outros dias. Eu não sei o que é, mas as noites me deixam com vontade de falar aquilo que eu sei que não falarei amanhã de manhã. Me abraça, fecha os olhos e ouve a música comigo. Lá fora tá 9 graus e eu sei que você não vai recusar o meu pedido de ficar aqui pra me aquecer um pouco.

Eu não me importo quando eles dizem que você não é o cara certo pra mim. Comigo não tem essa de certo ou errado, somos apenas nós dois, enroscados sob uma coberta branca em uma noite de quarta-feira nem tão entediante assim. E só eu sei o que eu sinto. Só você sabe o que sente. Eu sou esse mar de confusão que nunca sabe o que quer, mas eu continuo aqui. Implorando pelo teu beijo, teu perfume no meu travesseiro e tua camisa no meu corpo no dia seguinte.

Eu só sei que você ferrou pra caramba a minha cabeça. Não importa o que eu faça, eu tô sempre pensando em você e nessa tua mania estúpida de ir embora na manhã seguinte e demorar alguns dias pra ligar de novo. Você não era assim antes, mas é que a gente muda. Eu mudei também. Eu só queria que tudo fosse como antes, sabe? Que eu ainda fosse aquela menininha ingênua que tem o coração acelerado por uma mensagem no celular. E eu só queria que você ainda fosse o cara que me mandava as mensagens.

Quando a gente tá junto, parece que nada mudou. As conversas ainda fluem, o beijo ainda me deixa nas nuvens e o sexo dispensa comentários. Nós dois, eu e você juntos. Cara, nós somos bons pra caramba. Mas e o que acontece quando nos separamos? Será que isso some? Será que estamos fazendo jus ao ditado que diz que "o que os olhos não veem, o coração não sente"?

Talvez a gente tenha mudado mesmo. Pode ter sido o tempo, nossas experiências, os tapas na cara que levamos ou nossas escolhas. Pode ter sido incerto, e de alguma forma, nos desencontramos. Mas hoje à noite, tudo o que eu quero é você aqui do meu lado, porque aí tudo fica bem. Aí eu posso te abraçar e fingir que ainda estamos naquele tempo em que tudo estava no seu lugar. Inclusive você. Inclusive eu. Quando estávamos um ao lado do outro, de onde nunca deveríamos ter saído. Só me dá um beijo e não sai mais daqui.

Leia também

16 comentários

  1. Olá Mari, tudo bem?
    Seu texto ficou maravilhoso! ♥ Já me senti exatamente dessa forma sobretudo em uma fase que me apaixonei pela pessoa errada... Sempre era aquele desejo louco de ter a pessoa por perto. Hoje, sou feliz porque isso não deu certo. Tempos depois conheci meu namorado e toda aquela confusão de antes foi esclarecida por ele sempre ser uma pessoa sincera e verdadeira comigo e, graças a Deus, estamos super felizes até hoje. ♥
    Beijos :*

    http://midnight-skies.esy.es

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby! Tudo bem, e contigo?

      Awn, muito obrigada! Nossa, também já passei por isso. Infelizmente nem sempre as coisas são como a gente quer, e aí mesmo parece que queremos a pessoa por perto, né? Mas serve pra um aprendizado. Ai, fico muito feliz por ti e pelo teu namorado! Digo o mesmo sobre mim, hoje o meu namorado me fez outra pessoa e eu fico feliz de ter descoberto o amor de uma forma diferente com ele <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Acho que essa sensação de estar nas nuvens é a coisa mais aconchegante que existe. Ter aquele friozinho na barriga e perceber que, mesmo com todos os pesares, a vida continua e o amor é uma dádiva. Todo mundo muda um pouco o outro, e isso é ótimo ♥ Nos faz mais humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho, Kelly ♥ É realmente uma sensação muito confortante ter alguém que nos faça sentir tudo isso e mais um pouco. Cada um deixa a sua marquinha na gente de alguma forma.

      Excluir
  3. Acho que nenhum texto me descreveu tanto quanto esse.
    Parabéns pelo texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, muito obrigada Alesca! Que ótimo ler isso, sério ♥

      Excluir
  4. Parabéns pelo texto Maravilhoso Mari ♥
    Estar apaixonada apesar com tudo que acontece é algo muito bom,mesmo nós estando em constante mudança e acredito que o amor é a melhor coisa que exite.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada Sara ♥ É sim, faço das tuas palavras as minhas. Todos mudamos, mas precisamos dessas mudanças constantemente. Nos fazem crescer.
      Beijos!

      Excluir
  5. Acabei de conhecer o blog e já me ganhou pela música. THE NBHD é uma das minhas bandas favoritas ever! ♥ E que texto amorzinho, ler ele ouvindo U&I soou tão harmônico que eu podia ficar nisto o dia inteiro. E é um texto carregado de uma intensa realidade, fugindo do "ideal perfeito" porque não existe amor assim. Estou completamente apaixonada pela sua escrita.

    Sabe pelo que mais estou apaixonada? Por este blog maravilhoso que acabo de conhecer. Estou seguindo e ansiosa pelos próximos posts.

    Carinhosamente, Jheni. Quinze Outonos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah, eu não acredito! ♥ Eu amo THE NBHD e ninguém conhece quando falo deles, achar alguém que curte é puro amor <3 Eu fico feliz que tenha combinado com o texto, foi a minha intenção <3

      Awn Jheni, muito obrigada por todos os elogios! Seja bem-vinda *-*

      Excluir
  6. Lendo esse texto pela segunda vez 'u' que isso, Mari. Arrasou mais uma vez. Apesar de eu comentar aqui poucas vezes, eu sempre estou lendo seus textos, eles falam muito ao meu coração.
    Isso de um mudar um pouco o outro acontece mesmo, e as vezes ficamos incomodados querendo que o outro ou até a gente mesmo volte a ser como era antes, né?

    Beijos, te marquei numa tag (que não é tag :v) lá no blog ♥ https://blogradioativa.blogspot.com.br/2016/04/meus-7-itens.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que lindaa ♥ Muito obrigada, fico muito feliz sabendo que gostou e que sempre está por aqui <3 Também sou assim, acompanho e acabo nem sempre comentando hehe.

      Pois é, quando bate essa sensação é meio ruim, né? Mas tudo muda, precisamos mudar.

      Eu já conferi a "tag" e gostei muuuito, sério. Vou responder hoje mesmo haha ;)

      Beijinhos.

      Excluir
  7. Oiii Mari! Caraaa que texto!! Parabens. Acho que os relacionamentos tem muito disso ne? A gente vai amadurecendo e nao percebemos se ainda estamos agradando ao outro. Mas acaba sendo natural.. as vezes desencaixa ;/ Enfim, muito lindo teu texto! Beijo beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rebecaa! Awn, tu sempre linda com esses comentários ♥ Muito obrigada. É verdade, os dois mudam dentro do relacionamento e nem sempre continua dando tudo certo. Mas é a vida, né?
      Beijos!

      Excluir
  8. Mari, esse texto se encaixou com tudo o que estava passando na minha cabeça hoje ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn Lu, fico feliz que tenha se identificado ♥♥

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se