Slide

Fica mais um pouco, vai?

segunda-feira, dezembro 14, 2015


Para ler ao som de: Milky Chance - Stolen Dance


Hoje eu tô pedindo pra que você fique mais um pouco, querido. Eu gosto quando o teu perfume fica na minha blusa e eu posso dormir com a tranquilidade de saber que tenho comigo um pouquinho de ti. Já tá tarde, eu sei, mas fica mais um pouco, vai? A noite é uma criança. E eu não me importo de te ter aqui pra me ajudar a bagunçar os lençóis.

Não tô pedindo pra que você fique pra sempre, nem dizendo que você não vai ficar. Combinamos de não pensar no futuro, certo? Certo. Estamos aqui agora, e é isso o que importa. Logo o amanhã se torna o hoje, e vamos vivendo, de pouquinho em pouquinho. Dança um pouco mais comigo, mesmo que eu seja desajeitada. Toca um pouco de violão e canta junto, mesmo que eu seja meio desafinada. Mesmo que meu coração esteja batendo descompassado quando tô contigo.

Não se contenha ao me abraçar, porque como eu já te disse, menino: o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço. E eu gosto muito do teu. É como o meu porto seguro, sabe? Ele dá fim a todos os meus problemas. E de brinde, deixa o teu perfume em mim. E me lembra o quanto eu gosto de, entre beijos e carinhos, olhar nos teus olhos e perceber que você me olha da mesma forma, menino.

Fica mais um pouco pra que eu possa passar a mão no teu cabelo, enquanto deitado no meu colo, você me passa a calma que hoje preciso. Sempre tenho a impressão que o tempo que se passa entre um beijo na chegada e o abraço de despedida é o de um piscar de olhos. Você logo se vai, e eu só queria poder fazer os nossos dias durarem mais do que vinte e quatro meras horas.

Eu não estou te pedindo pra ficar mais um pouco só aqui em casa, eu quero que você fique mais um pouco comigo. Assim, desse jeito mesmo. Juntinho, só nós dois. É que você me faz tão bem que eu me arrependo de não ter nos descoberto antes. Você me faz tão bem que a única coisa que eu te peço é pra você ficar. Me faz tão bem que hoje eu tô aqui, me abrindo e escrevendo um texto meio bobo só pra ti.

Gostaria de jogar a chave do carro em algum lugar pra você não ir embora. Desativar os relógios pra perdermos a hora. E quando você sai por aquela porta, apenas deslizo pela parede e sento no chão, pensando no quanto gosto que você fique.

Você não precisa gostar de filmes românticos, me pagar um jantar caro ou me dar presentes todo mês. Você nem precisa curtir as mesmas séries ou músicas que eu. Almas gêmeas? Não acredito nisso. Só sei que a gente se encaixa do nosso jeitinho, meio errado mesmo, mas tão certo. Então me dá um beijo, e só me responde uma coisa: fica mais um pouco, vai?

Leia também

8 comentários

  1. Miga sua louca, quase caiu a lagrima aqui :( Seus textos me lembrando o quanto é bom estar apaixonada, mesmo no momento não estando, eu me coloco no lugar do personagem. Gosto muito de ler seus textos, me da um alívio imenso, pelo amor de deus nunca pare kkk. Bjaaao flor <3

    - Ewilyn

    www.brblackdiamond.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn Ewilyn, que amor! Muito obrigada, pode deixar que não vou parar, e fiquei muuito feliz com o teu comentário. É muito bom se sentir assim e ter alguém com quem compartilhar momentos simples que se tornam super especiais.
      Beijos <3

      Excluir
  2. Gente que texto lindo Mari. Aquele texto que te enche em uma noite meio vazia.
    Faça um favor, não pare de escrever nunca.
    Beijo Mari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai obrigada Cami ♥ Fico feliz que eu tenha conseguido tornar a noite melhor :) Não vou parar não, e digo o mesmo pra ti!
      Beijoss

      Excluir
  3. Lindo, sua poeta nata. <3
    Me vi aí nas tuas palavras, eu sempre sou dessas de "fica mais um pouquinho". O adeus me assusta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada Beca! Sou exatamente assim também, não curto pensar em despedidas. É sempre bom saber que o outro quer ficar mais um pouquinho :)

      Excluir
  4. Oii Mari!! que amooor! Deu pra sentir aquele friozinho na barriga quando a gente ta apaixonada sabe? Parabens pelo texto. Espero que vc continue tendo essa sensibilidade na hora de escrever. Beeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Rebeca! Ah, sei simm, fico tão feliz que eu tenha conseguido te passar esse sentimento ♥ Era realmente a intenção. Muito obrigada pelo comentário, saber que tu gostas assim me motiva muito a escrever. Beijosss!

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se