Slide

Resenha | A Seleção por Kiera Cass

sexta-feira, setembro 11, 2015

Número de páginas: 357

SINOPSE: Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Logo que ouvi falar dessa nova coleção fiquei louca pra ler. Acabei ganhando os 4 livros de presente de aniversário de dois amigos, e não podia ter ficado mais feliz. Agora que tive um tempinho pra ler devorei o primeiro livro em dois dias!

A Seleção se passa em um futuro após a Quarta Guerra Mundial, em um país chamado Illéa. Trata-se de uma monarquia, e a sociedade é dividida em castas, que vão de um a oito. Quem é da casta oito é extremamente pobre, enquanto os da primeira casta fazem parte da família real. Quando li sobre as castas, pensei que fosse parecido com Jogos Vorazes, como muita gente pensa que é. Mas não tem absolutamente nada a ver! A Seleção é definitivamente um romance, e quem procura por mais ação não vai encontrá-la aqui.

A história é narrada por America Singer, uma garota da quinta casta que passa por muitas dificuldades com a sua família, e até fome. Ela é apaixonada por Aspen, um garoto da sexta casta. Sempre que pode America leva comida para ele, mas por ser mais pobre que ela, o romance é proibido. Isso faz com que os dois já mantenham o namoro escondido por dois anos.

"Se eu pudesse pelo menos me sentar e costurar sua roupa. Era isso que eu queria. Não queria ser a princesa de Illéa. Queria ser a princesa de Aspen."

A vida de America começa a mudar quando ela recebe um convite para participar da Seleção, um concurso em que 35 garotas disputam o coração do príncipe Maxon. A participante permanece no castelo da família real durante o período da Seleção (que pode durar meses ou anos, não há prazo definido), e durante esse tempo a família das garotas recebe uma recompensa por elas estarem lá. America não queria participar pois amava Aspen, mas se inscreve apenas para tentar ajudar a sua família. Ela não tinha esperança alguma de ser chamada, mas acontece exatamente o oposto: ela é uma das selecionadas.


No castelo elas vivem uma vida luxuosa, com direito a criadas e vestidos feitos especialmente para elas. Começam a ter aulas de etiqueta e aprendem como devem se portar nas mais diversas situações. A imprensa também está presente várias vezes, e aí percebi uma semelhança com Jogos Vorazes e a Capital. As selecionadas também dão entrevistas que são transmitidas para todo o país.

America mostra ser uma moça de grande personalidade. Percebe-se que não nasceu para ser uma princesa - não fecha a boca para tudo que falam e grita quando precisa -, mas sabe se portar corretamente nas horas certas e talvez justamente isso seja o seu destaque entre as outras. Ela torna-se grande amiga do príncipe, e começa a perceber que ele não era nada do que ela esperava. Em vez de metido, Maxon é um homem ainda inexperiente e que está aprendendo a lidar com as mulheres.

Eu adorei a America, achei ela uma personagem muito bem trabalhada e também gostei dela como pessoa. Senti um pouco de falta do romance dela com Aspen, pois são curtas as cenas entre eles, então não deu pra conhecê-lo muito bem. Acho que a história entre os dois poderia ser mais desenvolvida no começo. Gostei bastante de o livro ser em primeira pessoa, porque assim sabemos exatamente o que a personagem está pensando. Não tem enrolação, nada de dramas muito profundos ou questões que ficam no ar. Me agradou muito.

A respeito da capa e diagramação: gostei muito da capa, creio que transmite bem o que o livro quer passar. Além disso todas as capas da coleção seguem um padrão, algo que sempre me agrada. A coroa posicionada sobre o título também foi uma boa ideia. As folhas são amarelas em um tom claro, e a fonte é com um tamanho bom para a leitura. Cada capítulo inicia com o número e uma coroa, e eles não são nem longos nem curtos demais, é tudo bem equilibrado.

Sobre o restante, não tenho do que reclamar. Simplesmente amei, e estou louca pra ler o segundo! O livro é bem diferente do que eu pensava e me surpreendeu. Tem a leitura bem leve e flui muito bem. Além disso, juro que não consigo imaginar o final. Então creio que vai ser surpreendente também.

NOTA: 

Leia também

4 comentários

  1. Eu já li todos e acredite: você não perder por esperar <33333333

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai sério? Comecei a ler A Elite antes, estou louca pra ver como vai ser já hahahaha. É demais essa coleção, agora fiquei super curiosa!!! <3

      Excluir
  2. De toda a saga só não li "A Herdeira" e desanimei depois de ler tantos comentários negativos.
    Dos três que li o que eu menos gostei foi o segundo (A Elite) mas nele e em A Escolha chorei horrores (eu sou chorona mesmo) hahahahaha.
    A Seleção é meu apego <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Bianca, depois que terminei de ler A Seleção fui dar uma pesquisada e também vi muitos comentários negativos. Fiquei curiosa pra saber o final!
      Estou lendo A Elite agora e não achei tão bom quanto o primeiro, logo vou terminá-lo :) Ainda não chorei hahahaha.
      Beijos.

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se