Slide

A gente podia ter dado certo

terça-feira, setembro 29, 2015


Sabe quando a gente pensa que tem tudo pra dar certo? Par perfeito, a metade da laranja e coisa e tal. Eu nem acredito nisso, mas uma pontinha de mim lá no fundo chegou a pensar nestas expressões em algum momento. Como se você pudesse ser definido por estas meras palavras. Como se a gente fosse peças de um quebra-cabeça que se encaixariam perfeitamente. Era simplesmente assim: tão genuíno que não tinha como dar errado. Era você.

Não acredito em almas gêmeas, tampouco que só exista uma pessoa por aí que seja perfeita para nós. Não acredito em perfeição, acredito em adaptação. Uma pessoa que complementa a outra, pessoas que aprendem a lidar uma com a outra tão bem que são capazes de ficar juntas. Convivência é algo complicado, acredito que todos sabemos disso. Mas a gente se molda. Justamente por isso, penso que não, eu não perdi O cara da minha vida. Algum outro vai aparecer. Mas é que no momento era você. Caramba, eu jurava que era você! Como poderia não ser?

A gente gostava das mesmas músicas, até frequentava os mesmos lugares. "Você vem sempre aqui?" Sim. Você nunca me perguntou isso, mas sim, meu bem, eu venho. Então venha também. E não tenha medo de chegar mais perto, eu juro que não mordo. Lembro até de quando você disse que adorava cachorros e sorriu, envergonhado - pode parecer idiota -, mas foi um momento tão sublime. A gente podia falar sobre qualquer coisa que tava bom, porque a gente simplesmente se dava tão bem. Éramos isso: simplicidade.

Naquela última noite, eu senti que era a última. Parece que o meu sexto sentido apitou, coisa de mulher. Mas eu sabia que se não fosse naquela noite que ficássemos decididos, que nos tornássemos algo sólido, jamais poderíamos sê-lo. Eu senti no peso do teu olhar, na demora do teu abraço. É que a gente podia ter dado certo. Mas a partir dali, eu soube que não daríamos.

Tentei prolongar o momento. Tentei te beijar como se fosse pela última vez, te abraçar como se te apertar mais forte tornasse possível a tua estadia comigo. Eu até supliquei em silêncio, mas você já não podia ouvir. Soltei a tua mão e um "depois a gente se encontra". Eu sabia que era mentira. Mas eu não queria ir embora, mesmo sabendo que éramos passado. Eu queria ficar mesmo sabendo que não seríamos futuro

É que a vida é complicada, querido. E nem sempre consegue cumprir com as estatísticas: é que a gente nem tinha tanto assim pra dar certo.

Leia também

14 comentários

  1. Que lindo texto minha flor, triste... mais muito bem escrito!
    Parabéns.

    www.pensapequena.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigada Emanuelly! Significa muito pra mim saber que gostou.
      Beijos <3

      Excluir
  2. "Eu sabia que era mentira. Mas eu não queria ir embora, mesmo sabendo que éramos passado. Eu queria ficar mesmo sabendo que não seríamos futuro. " Aquele momento que mesmo vendo que acabou, a gente quer ficar. Mesmo que não dê em nada, só precisa está ali. Texto lindo, Mari!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente complicado quando isso acontece, a dificuldade em aceitar que já acabou e que temos que recomeçar. Ficar parece, de certa forma, mais fácil. Muuito obrigada Alesca ♥

      Excluir
  3. Que texto perfeito!!! Dá uma dorzinha no coração, mas mesmo assim amei o texto <3

    Blog Luanne Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada!! Fico feliz em saber que tu gostou, apesar de ser melancólico.
      Beijos

      Excluir
  4. "Convivência é algo complicado, acredito que todos sabemos disso. Mas a gente se molda." Gostei do texto, da forma que escreve, gostei do blog. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que amor, muito obrigada! Fico feliz de te ver por aqui, não me recordo agora se já comentei no teu blog, mas gosto muito dos teus textos :)

      Excluir
  5. Que texto lindo, Mari. Concordo com o que tu disseste, não existe uma única pessoa "certa" para você, na verdade, nem certa nem errada. Existe compatibilidade, adaptação. Mas é que na hora de deixar alguém ir, bom, parece que ninguém vai fazer a gente se sentir como nos sentíamos com aquela pessoa. A gente complexa tanto as coisas simples. né?
    Sério o texto ficou maravilhoso. E os dois últimos parágrafos... Wow!
    Um beijo!

    Com carinho, Beca; Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca acreditei muito nesse papo de alma gêmea, sabe? Realmente o que existe é adaptação; tem tantas pessoas no mundo que seria impossível haver apenas uma pessoa que se encaixasse com a gente, né? E com certeza, o sentimento que fica quando aquele alguém que a gente gosta muito vai embora é que jamais nos sentiremos assim de novo. Um dia, acabamos sentindo.
      Awn, muito obrigadaa <3 Beijos!

      Excluir
  6. Que texto UAL! Triste, mas verdadeiro. A gente sabe que volta e meia nao eh o cara e pronto. Mas poxa, era pra ser ne? E como voce falou, a gente se molda. E acho mesmo que segue o jogo. Parabens pelo texto. Muuuito lindo. Beijinhos

    http://www.verdadeescrita.com/por-ai-ainda-existe-saudade/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Rebeca, muuito obrigada pelo teu comentário ♥ Às vezes parece que é pra ser e acaba não sendo, mas não temos porque pensar que jamais terá outro que dará certo. Ainda temos muitos amores pelo caminho. Acredito que podemos dar certo com várias pessoas, só depende de quem vai aparecer no nosso caminho.
      Beijoss

      Excluir
  7. Há Mari cada dia me surpreendo de uma forma positiva com sua escrita.
    É tão gostoso te ler, viajo nos seus textos.
    Seu texto me fez lembrar da Camila lá do passado que fez tudo que a moça do seu texto fez, foi até bom relembrar disso pra ver que realmente a gente nem tinha tanto assim pra dar certo.
    Beijo Mari ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que amor, Cami! Eu fico tão feliz de ler isso. Ultimamente ando um pouco desmotivada para escrever, parece que os textos não fluem como antes, sabe? Sei que é só uma fase, e enquanto recebo comentários como o teu continuo escrevendo e ficando feliz ♥
      Às vezes a gente acaba se enganando, tem coisas que simplesmente não são pra ser, mesmo que pareçam. Um tempinho depois acabamos percebendo.
      Beijos!

      Excluir

Postagens Populares

Inscreva-se