Slide

Dica de leitura: O Teorema Katherine por John Green

quarta-feira, fevereiro 11, 2015


Hoje a minha dica de leitura é autoria de John Green, famoso pelo best-seller "A culpa é das estrelas". O Teorema Katherine foi publicado em março de 2013 e possui 304 páginas, apesar de parecer bem curto. Li em apenas um dia e meio, e confesso que não tinha gostado muito da primeira vez que li, mas resolvi ler de novo e devorei as páginas de tanto que gostei. Então, passei a ter a opinião da maioria: é um livro incrível!


Colin Singleton é um garoto que tem um grande drama na sua vida: a paixão por Katherines. Sem querer, a única coisa que ele fez na vida foi namorar Katherines, e todas terminaram com ele. Depois do 19º término, ele resolve elaborar o Teorema Fundamental da Previsibilidade de Katherines, o qual quer usar para prever quanto tempo seus próximos relacionamentos vão durar, e quem vai terminar. Ele divide as pessoas em dois grupos: os Terminados e os Terminantes.

"Muita gente poderá argumentar que se enquadra em ambos, mas quem diz isso não entende direito o "x" da questão: você é predisposto a um destino ou ao outro. Pode ser que um Terminante nem sempre parta o coração de alguém e um Terminado nem sempre tenha o coração partido. Mas todo mundo segue uma tendência."

Colin é um menino prodígio, viciado em formar anagramas, decorar fatos históricos e tem o sonho de ser alguém importante no mundo. Mas ele sente que seu futuro e Katherine XIX estão ligados, e sem ela, ele não pode fazer nada. Então, Colin parte com seu amigo Hassan para uma viagem de carro, na tentativa de superar o último relacionamento. Ele é um garoto solitário e sempre foi o "nerd" da turma, então sofreu muito preconceito e nunca teve muitos amigos. As Katherines foram a sua companhia, e o seu maior medo sempre foi perdê-las. Talvez isso tenha estragado seus relacionamentos.


O livro tem várias notas de rodapé, com um certo tom sarcástico e muitos trechos de humor. É como se fosse uma espécie de romance, mas bem diferente da que estamos acostumados a ler. 

Um dos trechos que mais gosto é:

Colin: Eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu (...). Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem. Como a Katherine. Agora foi a minha ficha que caiu: se eu de alguma forma a tivesse de volta, ela não encheria o buraco que a perda dela deixou.
Lindsey: Talvez nenhuma garota vá preencher isso.
Colin: Pois é.

O livro está custando R$14,00 no Submarino e você pode comprá-lo e ler o primeiro capítulo aqui. E você, já leu esse livro ou outros do John Green? Tenho vontade de comprar o "Cidades de Papel" :)

Leia também

0 comentários

Postagens Populares

Inscreva-se