Slide

Sobre eu e você, nunca nós

quarta-feira, dezembro 24, 2014


Antes de começar, um dia prometi a mim mesma que não escreveria sobre ti. Mentira, não prometi. Mas jurei de pés juntos e coração atado que aqui dentro você não entraria. E sinceramente, não entrou. Talvez deu umas cutucadas, mas esse não é um texto sobre amor. Não é um texto sobre nós dois.

Certa noite, eu vi aquele sorriso estampado na tua cara. Era só mais um daqueles que não ligam pra nada, e eu sempre soube disso. Me disseram que tu não te importavas com amor, companhia e essas coisas. Tua companhia era a bebida, e tua paixão, as mulheres. Tu sempre gostastes de todas elas insanas.

E aí vem eu. Ah, a menina fofa, meiga e compulsivamente romântica. Só que ironicamente, não. Felizmente (ou infelizmente?) pra mim, não sou assim. Pelo menos não agora. Mas de qualquer forma tu eras, e és, o meu oposto. Acho que nesse caso se aplica aquela regra de que os opostos se atraem. Pra mim? Tanto faz, tanto fez. As pessoas gostam de julgar o que queremos e o que temos e, sinceramente, eu não estava nem aí pra elas. Ainda bem.

Colocaram meus sentimentos a leilão, falaram que tu não valias a pena. Que eu era muito pra ti, e que tu eras pouco pra mim. Que eu merecia alguém que se importasse de verdade comigo -enquanto eu não me importava?- e que me tratasse com respeito, carinho e atenção. Honestamente? Não somos o problema.

Talvez eu já tenha ido à festas só pra te ver, ou compartilhado coisas nas redes sociais pra chamar a tua atenção. Já lembrei de ti com uma música, sim. Já desejei dançar nos teus braços até tarde da noite e ter loucuras contigo pra contar.  Às vezes os momentos criados pela nossa mente tomam conta daqueles que vivemos. Mas aqui estou eu, e aí está você. Muito bem, por sinal. Nós dois. 

Nunca tive a pretensão de te consertar. De te fazer um príncipe encantado -até porque não sou dessas que querem um cara de terninho sentado num cavalo branco- ou de te fazer ficar. Eu também sou passageira. 

Confesso que tuas cutucadas em mim surtiram efeito. Lembranças ficam. Mas efeitos passam.

Leia também

0 comentários

Postagens Populares

Inscreva-se