Foto: @brandonwoelfel


Ultimamente, tenho visto diversas meninas falando "meu namorado não deixou eu postar essa foto", "meu namorado não me deixa sair sem ele", meu namorado isso, meu namorado aquilo. E aí eu comecei a pensar: desde quando namorado tem que deixar alguma coisa? Ele não é teu dono - ou ao menos não deveria ser, caso esteja agindo como tal -, então, vai pedir permissão por quê?

Seu namorado te proíbe de ir no cinema com as amigas, sem a presença dele? Quer as senhas das tuas redes sociais, quer que você exclua os homens do Facebook, quer ver todas as mensagens do teu whatsapp? Te proíbe de postar certas fotos em que te julga "vulgar"? Resumindo: ele não te deixa fazer nada? Acredito que ler essas coisas nos mostra o quanto tudo isso é absurdo e sem cabimento algum, não é?

Você pode vir me dizer "Mas Mari, eu não tenho nada pra esconder!". Justamente! Uma relação é construída na base de confiança, e se o seu namorado não confia em você pra fazer qualquer uma dessas coisas que eu citei acima, sinceramente, ele não deveria nem ser o seu namorado. Pode doer, sim, e eu sei que não é fácil sair de um relacionamento. Mas o primeiro passo você já vai estar dando: se dar conta que está em uma relação abusiva.

Muitas mulheres estão em uma relação abusiva e não sabem. Vivem mudas, com a cabeça abaixada, acostumadas a receberem ordens e aceitarem quietas. Para elas, é muito estranho que alguém que namore possa viver de forma diferente. Que alguém que namore possa sair sozinha, sair com as amigas ou não ter que dar satisfação do que está fazendo a cada minuto. Namorar não deveria ser uma prisão, deveria ser um porto seguro. 

Então, sim:

1. Eu vou sair sozinha porque eu e meu namorado não nascemos grudados;

2. Eu não preciso dar satisfação para ele a cada minuto, pois também tenho minha vida particular;

3. Eu não preciso deletar qualquer pessoa do meu Facebook ou deixá-lo ver minhas mensagens, pois novamente, tenho minha privacidade e não tenho nada para esconder. E é claro: ele confia em mim. 

E não, deixar a namorada fazer essas coisas não significa que ele não se importe, ou que seja louco. Significa que ele se importa o bastante para respeitar o seu espaço, saber que há momentos juntos e momentos separados. Significa que ele te respeita. E o mais importante de tudo: ninguém deve te dizer que você pode ou não fazer uma coisa, por um simples motivo: você não tem que pedir a permissão de ninguém.

Foto: @brandonwoelfel

Amiga,

Eu sei que dizer "ex-melhor amiga" é um termo forte, mas eu não sabia como expressar de outra forma. Eu sei que não nos falamos mais como antes, talvez até tenhamos perdido contato e boa parte da nossa intimidade, mas tenho certeza que vai me entender. Sei também que nem tudo que é bom dura pra sempre, mas tudo que é bom, permanece para sempre dentro de nós.

Sempre juramos uma para a outra amizade eterna. Quando somos mais novos, somos inocentes, e essa inocência toda acaba nos gerando promessas que nem sempre podem ser cumpridas. A falta de tempo, a distância, a escolha de caminhos diferentes... tudo acabou entrando no nosso meio e infelizmente nos impediu de continuarmos uma do ladinho da outra, como era pra ser.

Por mais que não nos falemos mais tanto, ou nem nos falemos mais, eu quero que você saiba que sempre vai estar guardada aqui dentro. Eu não esqueci das risadas, de cada desabafo que tivemos, dos amores não correspondidos que passaram por nós e nos renderam horas e horas de conversa. Eu nunca vou esquecer de quando éramos somente nós duas, e uma vida inteira pela frente a ser explorada.

Eu espero que você esteja bem. Que esteja correndo atrás dos seus sonhos, e que consiga realizá-los. Eu espero que a pessoa que está ao seu lado hoje, esteja te fazendo a mulher mais feliz do mundo, pois eu sei que você merece. Eu espero que você tenha uma amiga que te proporcione uma amizade tão linda quanto foi a nossa, e sei que qualquer uma teria sorte em te ter como confidente. Assim como eu já tive.

Amiga, eu quero que você saiba que mesmo distante, eu ainda estarei aqui pro que você precisar. Não guardo mágoas, pois um dia nós mesmas falamos "um dia cada uma vai ter que seguir o seu caminho, e eu tenho medo disso". Eu tive medo, eu chorei, lamentei. Mas precisamos saber lidar e seguir em frente. Ambas seguimos. A nossa amizade foi incrível, e eu só tenho a agradecer pelos aprendizados e o companheirismo de todos os anos. Pelos momentos felizes, pelos momentos tristes. Por ter passado pelo meu caminho e deixado o meu livro mais colorido. Você pode estar longe, mas estará sempre por perto. Aqui dentro de mim.



Oi gente! Tudo certo por aí?

Há um tempinho eu postei um vídeo lá no canal dando algumas dicas pra ganhar peso, já que eu estava nesse processo lá no começo do ano. Depois disso, várias pessoas começaram a me perguntar se realmente tinha funcionado, se o efeito tinha sido mantido e outras coisinhas mais. Então decidi fazer esse vídeo pra tirar todas essas dúvidas!

Eu tomei Buclina, um remédio bem conhecido pra ganho de peso. Tem gente que diz que não funciona, já outros tem um resultado bem satisfatório (como foi o meu caso). Então, se quiser saber mais, é só assistir o vídeo 




E aí, curtiram o vídeo? Qualquer dúvida, é só deixar nos comentários!

Beijos, Mari.

Número de páginas: 119


E aí pessoal! Tudo certo por aí?

Recentemente a Sinopsys Editora entrou em contato comigo e me enviou este livro para resenhar. O mais legal é que a editora fica pertinho da minha cidade, então fiquei super lisonjeada com a parceria. E melhor ainda: amei o livro! Ele tem várias mensagens lindas e que se encaixam perfeitamente em diversas situações que vivemos, sabe? É um livro bem diferente e eu já vou contar pra vocês o porquê. Já começa pelo formato, pois você muda de página na vertical, tipo um bloquinho de anotações.


Aperta o Play Cara Pálida e Compartilha tem esse nome pois é um livro compartilhável. Suas páginas são destacáveis, ou seja, você pode destacar uma mensagem e entregá-la a quem quiser. Tem até uma caixinha de texto pra você escrever um comentário sobre o texto quando for compartilhá-lo com a outra pessoa. E ah, não se preocupe: uma cópia da mensagem fica com você também! 

Confesso que não tenho o hábito de ler livros curtinhos e sem uma "história", sabe? Então foi uma nova experiência pra mim, porém super aprovada! Quem gosta de ler mensagens, frases bonitinhas e coisas do tipo, vai curtir bastante. 

Devo dizer que o livro veio na hora certa: quando o recebi, abri em algumas páginas aleatórias e parece que andavam espiando minha vida. Hahahaha. Juro! Ah, e cada mensagem é acompanhada de uma daquelas frases clichês e verdadeiras que vemos por aí <3

PS: Viram o "Destaque aqui" no meio da página? É ali que você destaca pra compartilhar a mensagem!

A ideia de publicar o Aperta o Play veio quando o autor, Ricardo Gusmão, compartilhava mensagens motivadoras no Facebook, e viu que isso poderia ajudar diversas pessoas a serem mais positivas e irem atrás dos seus sonhos. Foi aí que surgiu a ideia de fazer um livro compartilhável.

A leitura é bem leve, e como o livro é curtinho, é bem rápido de ler. Li em cerca de meia hora, e queria marcar todas as páginas pois super me identifiquei. Segue um trechinho pra vocês saberem um pouquinho mais:
"Incrível a capacidade de algumas pessoas de verem as coisas sempre "pretas". A escolha é sua, Cara Pálida! Todas as manhãs, ao acordar, você pega uma caneta para escrever a "sua" história. É uma decisão única e exclusiva sua: que cor usará naquele dia. Como você nunca sabe o que os próximos 30 segundos lhe reservam, segue um conselho: carregue sempre uma caixa com várias cores de canetas (...)"

Por fim, gostaria de dizer que gostei muito do livro e da forma como ele foi feito. Achei o intuito dele um amorzinho, pois não tem nada melhor do que ler algo que nos motive e poder motivar alguém também. Uma mensagem em especial me fez pensar bastante: "Preocupação não resolve os problemas de amanhã. Só tira a paz de hoje."

Agradeço à Sinopsys pela parceria! E não esqueçam de acompanhá-los nas redes sociais: eles estão presentes no Facebook e também lá no Instagram.

E aí, o que acharam do livro? Espero que tenham gostado da resenha :)

Beijos, Mari.


Oi pessoal! Tudo bem por aí?

Há quanto tempo não posto uma playlist aqui no blog, né? Já estava sentindo falta ❤ Hoje eu decidi trazer então uma seleção com músicas pra você curtir a semana, ou quem sabe, o próximo final de semana!



Peguei várias muitas que tenho ouvido muito ultimamente, espero que vocês curtam e que a semana possa ser mais animada assim :)

Beijos, Mari.


Oi gente! Tudo bem?

Como prometido, comecei a tentar manter uma rotina semanal de vídeos no canal. Essa semana, recebi um espelho decorativo da QCola (fiz resenha ontem aqui), e aí aproveitei o gancho pra finalmente montar a minha gallery wall. Eu achei o resultado um amorzinho!

Como não queria gastar tanto, acabei comprando as molduras e escolhendo as imagens na internet. Mandei imprimir numa gráfica e aí foi só montar e personalizar do jeitinho que eu queria :)

Fiz um vídeo pra mostrar direitinho pra vocês como eu fiz, espero que curtam!



Aqui o resultado em mais detalhes pra vocês:


Como mencionei no vídeo, a maioria das imagens eu peguei no Pinterest, mas você também pode buscá-las em outros lugares.

❤ DICAS:

- Busque no Pinterest pelos termos "gallery wall printable" / "printable wall art";

- Procure imagens com frases em páginas do Facebook, como a page Coisas Boas Acontecem, Um Cartão e Indiretas do Bem;

- Procure imagens com boa qualidade; não pegue uma imagem 20x20 cm por exemplo se você quiser imprimi-la em um tamanho 30x30cm, senão ela vai sair com uma qualidade ruim;

- Mande imprimir as imagens em uma gráfica, procure se informar sobre margens e configurações necessárias para a impressão;

- Planeje antes como vai ficar; eu simulei as imagens no computador mesmo e organizei da forma que eu iria querer na parede.

E é isso aí! Gostaram de como ficou? Qualquer dúvida perguntem nos comentários, e é claro, me acompanha lá no canal se não conhece ainda <3

Beijos, Mari.